13 de dezembro de 2016

Aguinaldo Silva quer Anitta em sua próxima novela na Globo

Sucesso na música, Anitta poderá em breve seguir uma carreira como atriz de televisão. Isso porque o autor Aguinaldo Silva está encantado com ela, a ponto de planejar um papel em sua próxima novela na Globo.

Anitta - Divulgação

“Ela é um case de sucesso. Muito focada, sabe o que quer, administra sua própria carreira”, elogia Aguinaldo em conversa com a coluna Gente Boa, do jornal O Globo. “Lembro que me deixou impressionado quando perguntei por que ainda não tinha um avião particular, e ela me disse que prefere investir dinheiro nos clipes que faz”, comentou.

Aguinaldo Silva quer tanto Anitta em sua trama, que já teria na cabeça todos os detalhes da personagem que vai oferecer. “A novela terá um personagem que o pai queria que jogasse futebol, mas fica furioso quando descobre que o filho quer ser bailarino de street dance. Sabendo dessa rejeição, Anitta, que fará ela mesma, vai até a cidade, no interior de Minas, e contrata o rapaz para integrar o seu balé. A participação deve durar dez capítulos”, revelou.

A cantora já fez participações na dramaturgia, como em "Amor à Vida (2013), "Alto Astral (2015), "Tomara que Caia" (2015) e "Vai que Cola" (2014 e 2016), mas nunca mais do que um episódio.

Com o título de "O Sétimo Guardião", a novela terá como prato principal a vingança. "Eu quero falar de como a decisão de se vingar acaba por não se concretizar como a pessoa imagina e se volta contra ela própria", disse em recente entrevista.

A trama das 21h deve estrear apenas em 2018, depois de Walcyr Carrasco, que por sua vez substituirá "A Força do Querer", de Glória Perez, que começa em março no lugar de "A Lei do Amor".

Por Natelinha

10 de dezembro de 2016

4 de dezembro de 2016

Segredos da Thumbnail

Thumbnail? É a miniatura de imagem que serve para dar destaque. No caso dos vídeos postados no YouTube, é aquela imagem que aparece antes de dar o play.

No vídeo "Segredos da Vida", que postei no último dia 30/11, a thumbnail escolhida foi do frame no exato momento em que eu passava na frente do cemitério São José, no bairro de Cruz das Armas. Justamente porque acredito que o maior mistério da vida é a morte, que pode ser o grande fim ou apenas o início.

Frame durante a gravação de "Segredos da vida"

Questões filosóficas e teológicas tratadas por um motociclista em trânsito, não é em qualquer lugar que se encontra. Mas está lá, no nosso humilde canal, acesse: joaorocha.com/youtube

Imagem transformada em Thumbnail

23 de novembro de 2016

Humilde easter egg

Para quem ainda não sabia, vale dizer que este blog é uma extensão do canal que eu (Johnny) mantenho no YouTube. Por se tratar de um espaço de comunicação despretensioso, com baixo custo e sem vislumbre de alto retorno, convencionei-me a chamá-lo de "nosso humilde canal".


Os vídeos postados por lá são, em geral, a bordo de uma moto, com imagens em movimento pelas ruas de João Pessoa-PB e cidades próximas. Esse tipo de conteúdo é conhecido na web como "motovlog", uma atividade que cresce desenfreadamente pelas principais cidades do mundo, angariando adeptos, fãs e críticos por todas as partes.

Feito o preâmbulo, vamos ao tema desta postagem: easter egg. Você sabe o que é? De acordo com a definição mais recente encontrada na Wikipédia, o tal "ovo de páscoa" é uma gíria que define qualquer coisa oculta, encontrada em qualquer tipo de sistema virtual, incluindo músicas, filmes, videogames, etc. Não deve ser confundido com mensagem subliminar, pois esta é uma coisa que o ser humano não percebe logo na primeira vista, deve analisar. Já easter egg é um segredo virtual.

No vídeo postado segunda (21/11/2016), eu coloquei um segredinho para brincar com a audiência. Para entendê-lo, além da curiosidade, o telespectador vai precisar atender ainda um dos seguintes requisitos: acessar esta postagem aqui no blog ou ser muito antenado e esperto!

O fato é que no episódio denominado "Nostalgia", onde visito a cidade de Santa Rita, na grande João Pessoa, logo nos primeiros minutos, quando iniciava um comentário sobre a morte de uma professora que foi degolada por uma linha com cerol, eu direciono o olhar (e consequentemente a câmera) pro retrovisor da moto. Naquele instante surge, em vez da minha cabeça no capacete, a cabeça do motoqueiro fantasma.


Então, a grande questão... Por que o motoqueiro fantasma?

Essa é uma brincadeira que não tem relação direta com o vídeo ou com o assunto abordado durante o percurso. É um recurso para esconder a câmera, ou tirar a atenção dela! Enquanto gravo, é comum olhar no espelho para conferir se ela está realmente ativada. Mas já que essa informação diz respeito apenas à produção, a imagem que aparece no retrovisor naquele instante é irrelevante para quem assiste. Jogar um easter egg naquela fração de segundo é uma forma de envolver o telespectador mais atento num jogo e, depois, talvez até lhe tirar uns sorrisos.

Já usei o recurso em outro episódio, só que com a imagem de Brad Pitt. Naquele caso, a ideia era mais fácil de captar: quando olho no espelho, vejo um cara bonito (risos). Está no vídeo "Perdendo o jeito para gravar" e, assim como em "Nostalgia", aparece antes do segundo minuto - porque só faz sentido checar a câmera enquanto vídeo está no começo.


Para o caso em questão, o motoqueiro fantasma foi escolhido para satirizar a declaração do colega motovlogger campinense Aleciano Junior (AC88), que afirmou existirem "motovloggers fantasmas, que postam vídeo uma vez por mês", não sendo isso o suficiente para manter um canal. A imagem no meu retrovisor mostra aquilo que eu sou na concepção do Alê, um "motovlogger fantasma". Daqueles que desaparecem.

Uma brincadeira singela para dizer que o youtuber motovlogger não precisa responder indireta de colega com palavrão e título sensacionalista para fomentar comentários insolentes. É também uma aposta de que tenho uma audiência pequena, mas fiel e inteligente, capaz de apreciar meu modo peculiar de gravar e envolvê-los nos vídeos.

A propósito, não deixe de assistir "Nostalgia" e conferir a verdadeira temática do vídeo. Uma produção cercada de forte envolvimento emocional com um dos inscritos.

Veja todos os episódios do nosso humilde canal em joaorocha.com/youtube

21 de novembro de 2016

NOSTALGIA

Produção na madrugada

Quer saber que lugar é este? Esta semana no canal do locutor João Rocha (joaorocha.com/youtube) você vai ver um passeio cheio de histórias e muita emoção!

Outras novidades, confira no Instagram: ojoaorocha

8 de novembro de 2016

Tive folga


No próximo episódio, uma volta pelo Litoral Sul da Paraíba!

Onde conferir: joaorocha.com/youtube
Quando: Terça, 08/11/2016, a partir das 22h

27 de outubro de 2016

Carregando...

Após mais de um mês sem filmar pelas ruas de João Pessoa, nossa câmera volta a receber carga para a retomada dos trabalhos.

Mais: twitter/ojoaorocha
Instagram: ojoaorocha

10 de setembro de 2016

TV paga estanca queda e cresce no número de assinantes

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro fizeram a TV paga alcançar dois grandes feitos em julho e agosto, que são comemorados agora no início de setembro.

O primeiro, conforme o NaTelinha já noticiou com exclusividade, foi bater o recorde total em pontos de Ibope no PNT, chegando a 9 pontos de média mensal, algo nunca antes atingido.

Agora, segundo dados divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a expectativa para o Jogos aumentou em 130 mil o número de assinantes, de junho para julho. O mês em questão fechou com 18,92 milhões de assinantes. O balanço de agosto, que sai em outubro, deve ser ainda melhor.

Roberto Nascimento, coordenador do Comitê de Publicidade da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura, ressalta o impacto da cobertura dos Jogos Olímpicos com dezenas de canais pagos transmitindo pela primeira vez competições de todas as modalidades.

“O excelente trabalho dos programadores de TV paga garantiu uma experiência única ao consumidor, tanto pela oferta de canais e conteúdos quanto pelos formatos de cobertura e equipes envolvidas", disse o executivo.

Além disso, Nascimento acredita no setor crescendo novamente, já que a crise econômica, segundo ele, já passou pelo período mais crítico: "Se, ao longo do período mais crítico da crise econômica, os índices de consumo não recuaram, parece pouco provável que isso venha acontecer agora".

Fonte: NaTelinha - Uol