27 de abril de 2011

Neurônios de insones ‘tiram sonecas’ ao longo do dia, diz pesquisa

Quem não dorme direito à noite acaba dormindo de dia “à força”, segundo um estudo publicado nesta semana na revista científica “Nature”. A pesquisa, feita com ratos, mostra que neurônios privados de descanso “desligam” sozinhos enquanto o cérebro está acordado -- o que pode atrapalhar a concentração e a coordenação mesmo que o indíviduo se sinta desperto e bem.

De acordo com o autor do trabalho, mesmo quando os animais que não dormiam direito estavam acordados e ativos, partes de seus cérebros ligadas ao processamento de pensamentos estavam “tirando sonecas”.

“Esses neurônios cansados no cérebro acordado podem ser responsáveis pelos lapsos de atenção, falta de bom senso, propensão ao erro e irritabilidade que sentimos quando não dormimos o suficiente, mesmo quando não estamos nos sentindo sonolentos”, afirmou, em nota, Giulio Tononi, da Universidade de Winsconsin-Madison, nos Estados Unidos.

Como foi feito o estudo

Os ratos foram treinados para realizar uma tarefa complicada (no caso, segurar uma bola de açúcar com a pata). Depois, foram mantidos acordados por quatro horas a mais do que o seu período normal de sono ao serem entretidos com bolinhas coloridas, brinquedos e objetos com cheiros de outros animais.

Mais tarde, eles eram colocados para segurar a bolinha de açúcar novamente. O resultado: mesmo quando todos os sinais do cérebro indicavam que eles estavam acordados, partes de seus cérebros dormiam. Com isso, sua performance na “lição de casa” piorava.

Do G1.