30 de maio de 2010

Nossa enquete

A enquete do blog, a primeira oficialmente lançada por aqui, está em seus últimos dias. Peço a quem ainda não votou que possa dar sua importante contribuição, registrando opinião até o dia 31 de maio.

Pode ser que eu tenha feito 'uma viagem só de ida' na hora de elaborar a pergunta e as opções, mas mesmo assim você certamente conseguirá entender o sentido.

Aos amigos que acompanham minhas atualizações direto das contas vinculadas, vale lembrar que, para acessar a enquete, será necessário vir até o blog - clique aqui para fazer isso. Desde já, muito obrigado por sua colaboração, ela será essencial para futuras mudanças neste 'sistema de comunicação' virtual.

Abraço, boa semana!

13 de maio de 2010

Sofrimento com ansiedade? Olha a vaca


"Não vos preocupeis com o dia de amanhã."

Aprendamos uma lição prática com a vaquinha aí da foto. Nem com os minutos seguintes ela está preocupada. Vê se ela tá com cara de quem ta pensando algo do tipo 'ai meu Deus, como é que eu vou descer daqui'... Ela está mesmo é curtindo o momento.

Ela não se preocupou e a situação foi resolvida. De acordo com a reportagem do globo.com (que pegou da CNN), a vaca foi tirada do local com a ajuda de uma espécie de rampa. Apesar de uma pequena escorregada, saiu ilesa da situação. Ah... Ainda de acordo com o portal, ela parou aí depois de uma enchente, mas os detalhes não foram especificados.

Lição: não sofra por antecipação.

11 de maio de 2010

Vi TV na hora certa!

Ultimamente, nem os programas que mais gosto eu tenho assistido na TV. Quando algo dá o que falar, eu acabo vendo no Youtube mesmo. Mas, no último sábado, liguei a TV e dei uma zapeada.

Naquele instante raro, fui surpreendido por algo mais raro ainda: estavam na primeira 'eliminatória' (não sei se é assim que chama) do Miss Brasil, quando chamaram a paraibana entre as classificadas. Diante disso, resolvi manter a TV ligada para ver até onde ela ia. E não é que ela foi até a final!

Fato muito bom para uma "Paraíba Mulher Macho", justamente porque a frase citada nunca foi bem compreendida lá fora. Talvez ainda tenha gente que pensa que por aqui toda mulher tem bigode, por não saber que a mulher macho da frase é o estado, que é precedido do artigo feminino.

Taí:
Em tempo: o nome dela é Natália Taveira.

5 de maio de 2010

Nem tudo é tão ruim

Eu estava prestes a fazer o maior desabafo de todos os tempos (o que não significaria muita coisa para o mundo, já que estaria partindo de um simples João Rocha), mas resolvi voltar atrás.

O desabafo seria em cima das mazelas que andam aparecendo 'aí' por todos os lados. As porcarias de músicas, de filmes, novelas e tudo o mais. Eu queria entender se essas coisas estão ruins por ser um reflexo da sociedade, ou se a sociedade está ruim por ser um reflexo dessas coisas.

Mas, deixando isso de lado, se não eu acabo mesmo continuando o desabafo, vamos ao porquê de desistir de fazê-lo:

Eu entendi que Deus não nos deu o direito de perder esperanças na vida. Se Ele nos deu a oportunidade de exixtir e espera de nós algo bom, não há porque acreditar que não dá mais para acreditar. Mesmo com músicas piorando ('pornografando e violentando'), o mesmo acontecendo com filmes, novelas e até desenhos animados e depois passando para a vida real com cada vez mais frequência, não é hora de jogar a toalha. Ao contrário, é hora de lutar mais pelo bem.

Vejo que muita gente ainda faz isso, luta pelo bem, apresenta uma incansável vontade de que ele prevaleça. Proponho-me a fazer minha parte e não desistir; proponho mais: que você também faça. Não custa nada! Não valorizar programas de TV, músicas e filmes que deturpam mentes, já é um passo importante. Valendo?

Afinal, nem tudo é tão ruim... Existem coisas boas também, muitas ainda esperam ser mais valorizadas, se encaixam naquele ditado: "Uma árvore que é derrubada, faz muito mais barulho do que uma floresta inteira que é plantada." Vamos enaltecer os bons.