30 de março de 2010

Os e-mails virais

E-mails que sobrevivem a ação do tempo e espalham uma onda de curiosidade entre os que os recebem. Depois do último que copiei aqui, o da resposta sobre a internacionalização da Amazônia, outros tantos já passaram pela minha caixa de entrada.

Em dias de pouco tempo para atualizar o blog, transcrever algumas dessas peças da mitologia digital é até um bom negócio. Talvez iniciar uma investigação sobre a veracidade dos e-mails possa ser interessante. No caso da bela resposta sobre a internacionalização da Amazônia, atribuida ao senador Cristóvam Buarque, poderia ser a resposta comprovada (ou não) por ele mesmo através do Twitter, onde passei a segui-lo. Contudo, a confirmação ainda não veio e apesar de quase não dormir, de tanta ansiedade por isso, vou logo partir para a investigação de um outro mistério da internet.

Quem nunca recebeu um e-mail falando dos "efeitos mortais" da Coca Cola no organismo? Ou do homem que dormiu numa banheira com gelo e amanheceu sem os rins que foram doados a um nazista parente em 3º grau de Adolf Hitler? Pois é... Quase todos nós temos na memória alguma lembrança sobre tais "fatos", ainda que eles não tenham um autor definido. O novo objeto da nossa investigação tem um conteúdo muito bom. Já pensou em receber um lap top de graça sem precisar roubar ou participar de qualquer sorteio? Pois comece a considerar esta hipótese.

Entre risos, lá vai mais um Ctrl V:

A empresa Ericsson está distribuindo gratuitamente 'lap tops' com o objetivo de se equilibrar com a Nokia, que está fazendo o mesmo. A Ericsson deseja assim aumentar sua popularidade. Por esse motivo, está distribuindo gratuitamente o novo Lap Top WAP. Tudo o que é preciso fazer é enviar uma cópia deste e-mail para 8 (oito) conhecidos. Dentro de 2 (duas) semanas você receberá um Ericsson T18. Se a mensagem for enviada para 20 (vinte) ou mais pessoas, você poderá receber um Ericsson R320. Importante!!! É preciso enviar uma cópia do e-mail para anna.swelung@ericsson.com

Paula Fernandes
Gerente de Compras
Issam Import e Export Ltda
Tel (Coml ) 55 11 3314-6402 55 11 3314-6402
Não é trote. Funciona.
Coordenadora Pedagógica
Suely Calabri

E aí, você já recebeu um desses? E-mail talvez já... Mas se receber também um lap top não deixe de me avisar!


Agora, antes de qualquer animação descabida, aqui vai um dos frutos de minha investigação preliminar; clique aqui e veja nota da Ericsson a respeito.

28 de março de 2010

O que você diria sobre a internacionalização da Amazônia?

Esta semana eu recebi um e-mail viral com um conteúdo até interessante. Seria uma resposta do senador Cristóvam Buarque a um estudante norte-americano, sobre a internacionalização da Amazônia. Fato verídico, ou não, mas é interessante. Segue o conteúdo do e-mail:

Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos,o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador CRISTÓVAM BUARQUE, foi questionado
sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia.

O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um Humanista e não de um brasileiro.

Esta foi a resposta do Sr.Cristóvam Buarque:

"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.

"Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a humanidade.

"Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro.O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia
para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou
diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço."

"Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser
internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.
Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

"Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França.
Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário
ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês,decidiu enterrar com ele, um quadro de
um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.

"Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York,
como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos Manhatan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

"Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas
mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

"Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do Mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola.
Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro.

"Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo.
Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia
seja nossa. Só nossa!

19 de março de 2010

Aplicativos do laptop

Diversas formas de ter um bom proveito do laptop: veja clicando aqui (especialmente quando seu uso tradicional está causando raiva).

11 de março de 2010

No pique

A nova versão do meu site (ex)pessoal está quase pronta. Continua uma preparação modesta, composta apenas por meu esforço e criatividade aliados a algumas ajudas de amigos. Mesmo assim devo deixar a modéstia de lado e comunicá-los que está ficando legal.

Vale a espera. A nova versão do joaorocha.com vem com tudo! Com mais interatividade, com mais serviços, com A Web Rádio 24hs, com mais acessibilidade, mais comunicação! O projeto está muito bacana e vai ficar ainda melhor. Isso porque vai ficar do seu jeito! Não quero mais um site com as características que eu adotar, por isso fique atento às enquetes que serão lançadas aqui no blog nos próximos dias. Serão elas, com o seu voto, que vão definir os contornos do site.

Apesar do domínio permanecer pessoal, o site será menos frio e muito mais abrangente no que oferece. Certamente servirá para a navegação também de quem não vai lá para comprar serviços. Em breve, mais notícias por aqui. Se Deus quiser!

8 de março de 2010

Expandindo as atividades

Continuo experimentando tudo quanto descubro e me parece bom e gratuito na internet. Agora criei uma conta no liste2myradio.com e estou com uma web rádio gratuita; se você quiser conferir, basta acessar www.joaorocha.listen2myradio.com

Detalhe importante: só faço uso da rádio quando chego em casa no fim da noite, portanto, ela só está no ar das 23 hs até 1 da madrugada (em média). Fica aqui a dica para quem gosta dessas coisas... Se você quiser experimentar, o serviço é bom. Precisa só entender o mínimo de como configurar uma web rádio e trocar o servidor que eles oferecem de vez em quando. No mais, o som é estável e dá pra se divertir mandando som pros amigos, ao vivo.

Quanto ao meu projeto de colocar uma web rádio oficialmente no ar, isso está muito bem encaminhado. É questão de pouco tempo.