6 de novembro de 2009

Desinteressante...

Quando é que as pessoas ficaram desinteressantes?

Não, é sério… QUANDO? Quando é que ficar horas tirando fotos de si mesmo em posições esdrúxulas tornou-se algo atraente? Quando é que começou esse culto à beleza que define um “me apresente uma amiga sua, que não seja nem gorda e nem muito magra” em vez de um “me apresente uma amiga sua, legal e inteligente”? Quando é que começamos a paquerar nas baladas e arranjar “amores platônicos” com quem não conseguimos trocar meia dúzia de palavras? Quando é que citar um livro como “O Pequeno Príncipe” virou coisa de Miss em concurso de beleza, mas se você cita-lo seriamente não será encarado dessa forma?

Quando é que substituímos os encontros, cinemas e sorvetes de domingo à tarde por scraps e indiretas no MSN? Quando é que deixamos de notar, só porque são amigos, aqueles que realmente nos fazem rir e nos fazem bem, para babar por aqueles que são lindos e “pegam” todas as garotas, mas que pouco ou nada têm a ver conosco? Quando é que a “pegada” se tornou mais importante que o papo, o carinho, a cantada, a conversa, a CONQUISTA?
Quando é que a diversão passou a ser sinônimo de (muita) bebida?

Quando é que um corpo passou a valer mais que um coração?

Alguém me diz? Quando?!

SOCORRO! Pára esse mundo que eu quero descer!!

Texto Miss Independent - do site do Vinícius Paraíba.