27 de dezembro de 2009

Retomando os sentidos

Como narrei na postagem anterior, passei por um duro golpe. Nessas horas caio no risco de transformar o blog em diário virtual, coisa que não quero, já que não há graça em emitir opinião contínua sobre si mesmo.

Todavia, sabemos que blog é um espaço muito particular no qual cabem nossos pensamentos sobre tudo, inclusive sobre nós mesmos. Neste sentido, usei as últimas postagens para expor um pouco de meus pensamentos e sentimentos... Mas, acho que essa fase está passando.

Hora de voltar a interpretar acontecimentos externos, o que espero fazer com mais tempo no começo do próximo ano - quando estarei de férias dos estudos. Nesta última semana de 2009 vou aproveitar para ajustar os ponteiros e me reencontrar com a vida.

Um feliz e verdadeiro Natal para você! Até mais.

21 de dezembro de 2009

?!

Sem palavras que descrevam a dor de perder alguém especial. Comentei as mortes de Herbert Richers e de Lombardi, com a tranquilidade de quem nunca chegou diante de nenhum dos dois, mas agora que tive uma perda ao meu lado não tenho a menor estrutura para comentar qualquer coisa que seja.

Aos 38 anos se foi minha tia Gorette (tia e amiga). Poucos dias atrás, escrevi que apesar do Lombardi não ser próximo a mim ele merecia uma postagem, portanto, ela merece até demais. Mas realmente agora não dá. É difícil assimilar a situação da morte... Parece que uma mancha escura envolve a vida de quem fica, tirando o brilho e a graça de existir.

Resta agora esperar que Deus venha novamente iluminar a quem fica (e acolher a quem vai).

E ainda resta uma pergunta: cadê o chão?

19 de dezembro de 2009

Meu lado "Raul Seixas"

"Macaco, praia, carro. Jornal, tobogã. Eu acho tudo isso um saco..."

Ah, mas que sujeito chato sou eu!
Isso é um aviso, para evitar que você chegue a essa conclusão tão somente ao final do texto. Antecipei.

Acontece que hoje é um dia com tendência a coisas boas, hoje é sábado! Muitas pessoas recebem folga do trabalho, curtem um pouco a família e fazem coisas que genericamente servem para se divertir. Ocorre que esse genérico não faz muito efeito em mim, e até pior: às vezes faz efeito adverso.

Neste fim de semana acordei cedo, depois de ter dormido pra lá de tarde, o que já é motivo para azedar o meu humor. Agora, com o corpo mole, cheio de sono, não consigo completar nenhum cochilo, com a campainha tocando, o telefone que chama, o som que toca Claudia Leite na vizinhança, etc.

O som que toca Claudia Leite... (Espaço p/ palavrão)... Sim, ela é linda. Isso basta? Na qualidade de homem, eu tenho paciência suficiente para assistir um DVD dela durante alguns minutos sem problemas. Mas, como apreciador de músicas, eu não teria paciência de ouvir nem a primeira estrofe. O que se dizer então de Asa de Águia, Jamil e uma noites(?) e outros... Nada. Nada a declarar.

Adaptando aquele pensamento de Raul Seixas, não é que eu não goste de praia e carro - quanto aos jornais, macacos e tobogãs, acho que fica mais para compor melodia -, na verdade eu apenas acho um saco usar um carro para propagar som de má qualidade - antes, durante e depois da ida à praia.

Os mais críticos (se é que tem crítico lendo este blog) podem julgar que é bobeira da minha parte emitir opiniões tão "brutas" sobre alguns cantores, mas o que é blog sem opinião? E mais: minha opinião negativa não interfere em nada no sucesso deles. Quem quer curtir, curte. Mas emitir opinião, desde que não entre na esfera pessoal, é lícito.

Chegando ao final da minha digitação, os sons agora estão desligados, reina uma tranquilidade ímpar! Momentos assim deveriam ser melhor valorizados. Ou a conclusão disso tudo é que eu sou mesmo um grande chato avesso a certas formas de lazer.


12 de dezembro de 2009

9 de dezembro de 2009

O dia em que a Oi parou

Nada funcionando para os clientes da Oi em João Pessoa durante uma parte deste dia 09 de dezembro. Celulares em pane, Velox (internet) fora do ar, telefones fixos ocupados - o problema durou cerca de 3 horas. É em momentos assim que a gente vê que não pode pendurar a vida numa empresa só.

Sem críticas para a Oi, problemas podem acontecer com qualquer uma, mas cabe uma reflexão: quando você faz um plano "total" e contrata internet, telefone fixo e móvel, cartão de crédito e o que mais lhe puderem vender numa conta só, é também de uma só vez que você perde a comunicação com o mundo quando dá uma pane. Vai tudo pelo ralo. Aí são horas nostálgicas, sentindo-se novamente nos anos 60.

Viva a concorrência! Celular de uma empresa, telefone fixo de outra, internet de outra, TV a Cabo de outra, etc. Ou vamos assumir o risco de ficar a ver navios de vez em quando?

5 de dezembro de 2009

O romantismo de Mike de Mosqueiro



Além do talento, existem aí fatores como: o nome artístico, o carisma, etc. Tudo chamando o sucesso. Esse cara é show! Os vídeos dele são, em geral, bem mais acessados que os do Zina do Pânico na TV...

4 de dezembro de 2009

Vírus para iniciantes

Cada vez mais a internet está sendo tomada por "cabras safados" que tentam de qualquer jeito roubar dados pessoais de usuários desprevenidos. Apesar deles estarem atacando a torto e a direito, é fato, que, na maioria das vezes, para ser vítima deles é preciso ser iniciante em navegação pela rede.

Os caras podem ser gênios da informática e manjar tudo que é necessário para infectar um computador, mas criatividade e talento para convencer alguém a fazer o que eles querem é algo que inexiste nessa turma. Chega a ser revoltante a falta de criatividade, dá vontade de tentar entrar em contato com eles para dar uma dura.

Utilizando frases como:

"O MSN e o ORKUT vão ser pagos"

"O jovem foi encontrado numa banheira com gelo"

"Cenas do Big Brother/A Fazenda que a Globo/Record não mostra"

"SERASA, SPC e Receita Federal"

"Cartões Virtuais"

No ORKUT - "Vote na minha foto, vi este filme que é a sua cara, veja esta mensagem que preparei pra você…"

"Veja o que fizeram com suas fotos no Orkut"

Sinceramente, dá vontade de exclamar um baita dum palavrão com "P" ao ver essas frases... Dava mais gosto ter o pc infectado por algo criativo do que me inchar de raiva eliminando esses recadinhos.

Ressalvas:

Algumas pessoas compartilham o pc com um irmãozinho mais novo, a vovó, o titio, etc. Ocasionalmente, uma dessas pessoas pode, desconhecendo o esquema maléfico virtual, clicar numa dessas frases sem sentido. Daí a importância de, ao ceder o pc para usuários inocentes, cientificá-los do conteúdo guardado atrás dessas frases-padrão.

Para rastrear e eliminar danos causados por spywares e vírus, tenha à sua disposição o Spyware Terminator (programa gratuito), ele resolve uma grande parcela dos problemas. Se o seu pc tiver configurações básicas e ficar travando muito com este programa, instale-o apenas para fazer uma varredura, depois remova, mas periodicamente instale e faça uma limpeza.

Apêndice:

Cabra Safado: sujeito de mal caráter; disposto a prejudicar outros; disposto a prejudicar em troca de prazer egoísta.

3 de dezembro de 2009

Depois de Herbert Richers...

Morreu Lombardi! O locutor do Sílvio Santos se foi neste dia 2 de dezembro, menos de um mês depois da morte do "versão brasileira" Herbert Richers - dono do mais famoso estúdio de dublagens do Brasil.

Será sepultada, juntamente com o Lombardi, uma pequena e simbólica parte da minha infância. Pouco depois dos 12 anos, quando minha voz passou a dar os primeiros sinais de que seria grave, não era incomum algum adulto xaroposo me perguntar: "E essa voz de Lombardi?"

Ele jamais soube da minha existência (provavelmente), mas, ainda assim, merece uma postagem específica por aqui. Tal qual Herbert Richers, Lombardi é um daqueles mistérios que milhões de pessoas (inclusive eu) tentaram desvendar através do google. Quem nunca pesquisou imagens do Lombardi na internet, que atire o primeiro comentário...

Agora, triste com a perda de mais um ícone da voz, expresso meu pesar e deixo minhas palavras expostas aos milhares de spammers que passam periodicamente pelo meu blog.

É com você, Lombardi

28 de novembro de 2009

Decepção orkútica

Até que tem quem tenha gostado do novo Orkut, mas eu não estou nesse grupo. Obviamente, em termos de divulgação, ninguém pode negar que a Google mandou bem (prendeu convites, distribuiu gradativamente, gerou espectativa, fez com que os primeiros se sentissem felizardos, etc). Mas, ao contrário do trabalho de marketing, o trabalho de layout ficou bem abaixo das espectativas.

O Novo Orkut tem, ao meu ver, um visual pra lá de poluído. Fotos dos amigos distribuidas a torto e a direito, suas atualizações enchendo a tela inicial, excesso de funções (ao meu ver) desnecessárias, cores variadas, etc. De fato, a sigla etc precisa ser usada várias vezes para descrevê-lo, e aqui na Paraíba a gente define coisas assim com uma frase típica: Tá mais enfeitado do que bicicleta de matuto.

Cada um tem sua opinião, mas para mim, isso aí é poluído demais! Acho que o Twitter com seus layouts "secos" é muito mais atrativo, apenas porque é uma ferramenta quente, ou seja, todos abrem e se deparam com a caixa aberta esperando uma frase a ser digitada, funciona na base do "abriu, leu, atualisou, pronto!" sem frescuras.

Me decepcionei com o Orkut, esperava mais em menos... Agora vamos aguardar um tempinho até as amostras coletivas de satisfação, ou insatisfação dos orkuteiros.

27 de novembro de 2009

Sua ajuda

Infelizmente, nesta reta final do ano, só estou conseguindo ter tempo para acessar livremente a internet no final do dia. Hoje, por exemplo, estou aqui à meia-noite, caindo de sono.

Nas condições atuais, torna-se dificílimo dar sequência a uma linha de raciocínio e escrever uma postagem legal. Estou jogando minhas esperanças nos finais de semana, mas tenho o anseio de alimentar o blog por várias vezes e não apenas no fim de semana.

Então, quero contar com sua ajuda. Tem um pensamento legal? quer compartilhar aqui? A postagem será devidamente creditada a você. Saiba como ajudar:

* Sugestões, reclamações, elogios, críticas e textos podem ser enviados para atendimento@joaorocha.com

Muito obrigado!

24 de novembro de 2009

Links úteis

Apresento-lhes o SeeNow, site que faz montagem de fotos - ficam bem engraçadas, clique aqui para conferir!

E tem MAIS!

Conheça o VQV - encurtador de URL's. Em nossa vida virtual cada vez mais sintetizada, é importante conhecer esta ferramenta. Clique aqui!

Em breve mais postagem de links úteis.

21 de novembro de 2009

O poder da fama

É impressionante como qualquer bobagem vira algo sensacional quando vem de um famoso. Se você tem Twitter e ainda não segue pelo menos um, experimente. Use isso para ter acesso a algumas curiosidades.

O que aconteceria se você pegasse seu celular e tirasse uma foto de si mesmo, enquanto estivesse sentado à mesa de um restaurante e depois a publicasse no Twitter? Provavelmente nada. Mas, se essa atitude absolutamente comum e boba for praticada por um famoso, a história é outra.

2.500 comentários com os mais diversos dizeres, tipo: "lindooo xD", "adorei :P", "ownnn que fotinha linda", "que massa!", "showww", etc. Tudo para uma foto do cara comendo macarrão durante um "jantar de negócios". Detalhe: não é nenhum galã, é apenas famoso.

Deve ser por coisas assim que aquela Geisy da Uniban fez tanta questão de ser "apedrejada" por seus colegas.

Que bom que existem os blogs, assim a gente pode contrapor (ainda que diante de poucas testemunhas) certas investidas das mídias de massa, que tantas vezes promovem futilidades. Reflitamos, não sejamos idiotas.

20 de novembro de 2009

Morreu Herbert Richers

Cresci, não muito, mas cresci, ouvindo a frase: "Versão brasileira Herbert Richers". Sempre ficava intrigado pelo fato da versão brasileira ser feita por um estúdio com nome "internacional".

Apesar de achar interessante o trabalho de dublagem, nunca me interessei em buscar mais informações a respeito, e para mim Herbert Richers era apenas um nome misterioso no começo dos filmes.

Conforme descreve a Wikipédia, Herbert Richers era brasileiro, natural de Araraquara - SP. Portanto, aquele nome "internacional" que eu tinha em mente não significava que a pessoa Herbert também era. De fato, só descobri hoje quem era o Herbert Richers, no dia em que ele morreu e o G1 estampou a notícia em destaque. Na verdade eu pensava que ele já era falecido, devido aos longínquos filmes que levavam sua assinatura.

Tá bom, vou confessar que pensava que Herbert Richers era apenas um nome de estúdio em homenagem a um grande "alguma coisa" do passado, mas acabei sendo pego de surpresa com a morte de alguém que eu já imaginava como morto.

Ele existia, era brasileiro, era conhecido de forma desconhecida por muitos!

Agora, venho deixar minha homenagem a este ícone da dublagem no Brasil, que embora eu não tenha conhecido, fez parte da minha infância e, certamente, de tantas outras pessoas. Que descanse em paz...

Eis a imagem do ícone:

Pode?

Este blog é livre de predefinições temáticas justamente para que eu tenha a disponibilidade de um espaço que me sirva para narrar qualquer situação que possa gerar reflexão. Hoje, vou aproveitar dessa liberdade para soltar o verbo sobre algo comum em todo o Brasil, e diz respeito ao trânsito.

Estou agora às 00 horas e 26 minutos, digitando este texto. Minutos atrás, estava voltando de um evento promovido pela faculdade onde estudo, regressava de moto por volta das 23 e 30. No caminho, ainda perto da faculdade, existe um semáforo colocado em frente a uma funerária, num trecho sombrio por si só e com pouca iluminação.

O tal semáforo é estrategicamente colocado no meio de uma rua, sem cruzamento com qualquer outra, e serve apenas para facilitar a passagem de pedestres na região. Ocorre que, durante a noite, o fluxo de pedestres é praticamente inexistente e as condições de iluminação são precárias, isso aliado ao fechamento do comércio, torna o local um verdadeiro cenário de suspense.

Em meio a todo esse clima sombrio proporcionado por uma rua sem residências e com o comércio fechado, abrigando uma funerária que dá para a rua de trás, sob um luar soberano em matéria de luz, eu passava com minha humilde moto de 100 cilindradas, quando o semáforo resolve me sinalizar com o vermelho, dando aquela sentença: pare!

Eu até faço gosto de parar em semáforos, como sempre faço inclusive no que foi descrito aqui. Mas não nasci com um caroço de feijão no lugar do cérebro, e sei que por volta das 23 e 30 num lugar sombrio, com histórico de assaltos (agravante citado agora) não é seguro botar os pés no chão e parar para esperar o sinal contar até 60, enquanto nem se quer um cabelo atravessa voando na minha frente, e enquanto eu não sei quem é o estranho que caminha solitário na calçada.

Pelas razões citadas a cima e confiante na maleabilidade da lei, uma vez que já vi em várias ocasiões, carros cruzarem o mesmo semáforo enquanto ele sinalizava o vermelho, eu desci a mão no punho da moto e fui embora, sem querer dar nehuma colher de sopa ao azar. Qual não foi a minha surpresa quando naquele instante senti a rua tomada por um clarão que, aparentemente, dava conta do flash proveniente de foto tirada naquele momento.

Tendo em vista que não era noite com raios ou relâmpagos, não havia nenhuma equipe de jornal e ninguém tirando fotos à beira da rua, deduzi que aquela era a investida da STTrans (Superintendência de transporte e trânsito de João Pessoa) no sentido de materializar provas que venham a me colocar sob o manto da justiça punitiva.

Agora, se resolvem decretar que eu cometi uma "infração gravíssima" e eu tivesse apenas a Permissão para dirigir, teria minha permissão para dirigir cancelada, ainda tendo que pagar uma multa próxima dos 200 reais, que somada aos 500 que teria que gastar para tirar uma nova carteira chegaria facilmente aos 700 reais, que somados aos 480 para renovar o emplacamento no meio do ano que vem, ultrapassará bastante os 1000 reais (tudo além de todo o transtorno).

Eu teria uma despesa próxima do valor total do meu humilde veículo, inviabilizando totalmente sua manutenção. Tudo por passar depois das 23 horas por um semáforo solitário que queria que eu parasse no meio de um nada extremamente perigoso.

Pergunto:

Pode?

Tema abordado por sugestão do leitor Anderson.

10 de novembro de 2009

A "saia justa" da Uniban

Virou piada desde o Programa do Jô até o jornalístico da rádio Piranhas no interior da Paraíba. A Uniban teve o nome "queimado" do Orkut ao Twitter e foi forçada pela pressão popular a revogar a expulsão da aluna de roupas curtas.

Quando o que está em jogo são o prestígio e o lucro de uma organização privada, facilmente a pressão dá jeito. Infelizmente, quando se trata do que é público a situação não é a mesma, políticos fazem como a Chiquinha - do seriado "Chaves":

- Chiquinha, você não tem vergonha?

- Sim

- Então...

- Eu agüento

Pressão só dá jeito se ameaçar o bolsinho...

7 de novembro de 2009

O costume

Esse interesse de estar aqui para falar das coisas da vida, mostrar alguma mensagem interessante que alguém me mandou, uma brincadeira, simplesmente compartilhar conhecimentos. Tudo vem do hábito adquirido, o hábito de blogar!

Foi em nome disso, ou do sentido disso, que postei alguns dos e-mails interessantes que recebi ultimamente, algumas republicações interessantes de outros blogs, e, claro, vários textos narrando meus pensamentos sobre os mais variados fatos.

E o que leva ao hábito? A certeza de estar sendo aproveitado de algum modo. Num mundo em que tanta besteira é falada e feita, não custa nada expor um pouco daquilo que ao menos parece interessante. Essa é a proposta do blog, por isso não me apego a um tema específico.

O sentido do blog está no leitor, assim como o sentido do rádio está no ouvinte. Por isso, obrigado pela leitura do texto, por me fazer dar valor a este costume de escrever. Espero cada vez mais dividir algo útil com você. Útil para sorrir, útil para refletir, simplesmente útil.

Bom domingo!

6 de novembro de 2009

Desinteressante...

Quando é que as pessoas ficaram desinteressantes?

Não, é sério… QUANDO? Quando é que ficar horas tirando fotos de si mesmo em posições esdrúxulas tornou-se algo atraente? Quando é que começou esse culto à beleza que define um “me apresente uma amiga sua, que não seja nem gorda e nem muito magra” em vez de um “me apresente uma amiga sua, legal e inteligente”? Quando é que começamos a paquerar nas baladas e arranjar “amores platônicos” com quem não conseguimos trocar meia dúzia de palavras? Quando é que citar um livro como “O Pequeno Príncipe” virou coisa de Miss em concurso de beleza, mas se você cita-lo seriamente não será encarado dessa forma?

Quando é que substituímos os encontros, cinemas e sorvetes de domingo à tarde por scraps e indiretas no MSN? Quando é que deixamos de notar, só porque são amigos, aqueles que realmente nos fazem rir e nos fazem bem, para babar por aqueles que são lindos e “pegam” todas as garotas, mas que pouco ou nada têm a ver conosco? Quando é que a “pegada” se tornou mais importante que o papo, o carinho, a cantada, a conversa, a CONQUISTA?
Quando é que a diversão passou a ser sinônimo de (muita) bebida?

Quando é que um corpo passou a valer mais que um coração?

Alguém me diz? Quando?!

SOCORRO! Pára esse mundo que eu quero descer!!

Texto Miss Independent - do site do Vinícius Paraíba.

5 de novembro de 2009

Da série "papai retardado"



(Depois critica quando a filha tem medo de palhaço)

Se pais fazem coisas assim com filhos, imagine só o que fazem com colegas de trabalho...

4 de novembro de 2009

Dia do inventor

4 de novembro é o Dia do Inventor: conheça o trabalho da Associação Nacional dos Inventores e ideias que prometem melhorar a qualidade de vida das pessoas

Para o presidente da Associação Nacional dos Inventores, Carlos Mazzei, inventor precisa ter força de vontade para desenvolver sua criação e levá-la ao mercado depois de devidamente patenteada. Segundo ele, há várias formas de proceder: criar uma empresa própria baseada em sua invenção, vender sua ideia para outros empresários ou negociar a patente

Tudo começa com uma boa ideia na cabeça.Depois do desenvolvimento de um protótipo e da realização de testes, o inventor tem a certeza de que o fruto daquela boa ideia vai melhorar a vida de muitas pessoas. A partir daí, muitos deles se perguntam: “O que fazer agora?”.

A Associação Nacional dos Inventores (ANI) foi criada exatamente para que as invenções brasileiras sirvam a toda a sociedade e para estimular os inventores a continuar dedicando-se à descoberta de novidades. “Nosso papel é incentivar e popularizar as inovações tecnológicas no País”, afirma o presidente e fundador da entidade, Carlos Mazzei. “Trabalhamos na orientação e regularização das patentes de projetos e na posterior comercialização dos inventos em escala industrial.”

Alguns inventos – O administrador de empresas porto-alegrense Marlon Diniz desenvolveu o Capoflex dispositivo prático e rápido de mudança de configuração para caçambas de camionetas – capota, tampão ou caçamba livre. O invento se constitui numa capota automática em fibra de vidro (ou outro material rígido) que não necessita de parafusos para a instalação. “Seu sistema eletrônico permite que o usuário mude a configuração da caçamba da camioneta de tampão para capota e vice-versa - com um simples toque de botão”, ilustra Diniz. “O equipamento sai da posição tampão e vai para a posição capota, em menos de 15 segundos”.

A ANI também apóia o Dry Hair Car, secador especial para ser acoplado à saída de ar do veículo. A criação é do zootecnista Arthur Augusto Ferreira e de sua sócia, a professora Maria Teresa Araujo Guerra. “Fizemos um equipamento formado por encaixe e mangueira. O melhor é que não requer energia, apenas a própria ventilação do carro, de preferência o ar quente. Para usá-lo, basta encaixar o dispositivo numa das saídas de ar e fechar as outras”, detalha. “Considero nosso invento prático para qualquer pessoa, porque pode ser usado na falta de tempo de secar os cabelos antes de sair e até depois de uma chuva repentina, podendo também aquecer o corpo e os pés”, imagina Ferreira. “Pensamos em vender a ideia para qualquer empresa de acessórios de carros ou fabricantes de secadores de cabelo”, finaliza

A educadora musical Christina Paz desenvolveu um Equipamento de Secagem de Calçados e Tênis - um dispositivo constituído de uma fôrma espiral similar ao pé, provido de filamentos de resistência por toda a sua extensão. A secagem rápida e uniforme do calçado ocorre de dentro para fora, por aquecimento dessa fôrma, que vem recoberta por uma camada protetora térmica para evitar danos ao produto. Como um ferro de passar, tem um termostato regulável para cada material, seja couro ou sintético.O produto é leve e de manuseio simples.

O técnico de manutenção Reginaldo Aparecido de Moraes, de Guarulhos, inventou um hidrômetro especial que não contabiliza a passagem de ar – aquele ruído que se ouve toda vez que a água é reabastecida após uma interrupção. Esse ar expelido por torque é responsável por aumentar o registro do consumo. “Com o hidrômetro que não contabiliza o ar, a ideia é economizar até 40% do total da conta”, promete o inventor.O dispositivo criado por Moraes distingue o ar da água por meio de uma boia, impedindo que o hidrômetro gire o contador durante a passagem de ar. “Ao contrário de acessórios irregulares e ilegais, não causa prejuízo ao consumidor e nem à companhia fornecedora”, garante.


Informações para a imprensa:

Em Pauta Comunicação

3 de novembro de 2009

Quem apagou a luz?

Eu "apaguei a luz", agora o blog que era branco, é preto. Ele segue o padrão do joaorocha.com e vai expressar um pouco da minha característica noturna, afinal a maioria das postagens é mesmo feita nesse momento de calma que o fim de noite propicia.

E agora, vou encerrando por aqui, já que existe o propósito de economia de palavras nas postagens e tem uma cantora mexicana interessante dando entrevista ao Jô Soares agora. Até mais, vou assistir TV.

29 de outubro de 2009

Novidades orkúticas

O orkut passa neste momento por uma reformulação, as mudanças são muitas e podem ser acompanhadas com mais detalhe em matéria do G1. Clique aqui para saber mais. Porém, antes do clique, saiba que não é só o orkut que anda inovando na web... Veja novo layout do joaorocha.com - sempre simples, mas bem organizado. E em breve tem novidade aqui no blog também, e das boas!

Pronto, agora pode ver as novidades do orkut no G1!

25 de outubro de 2009

Caos

A violência tem aumentado em todos os lados do Brasil. Logo agora que garantimos o direito de sediar a Copa de 2014 e as olimpíadas de 2016, sendo essa última onde a situação é mais crítica - Rio de Janeiro.

Mas é o alastramento do problema que assusta. Eu iria ser mais detalhista, mas para evitar parecer um blog policial, vou apenas registrar meu medo diante dos constantes assassinatos que vêm sendo praticados aqui em João Pessoa. Só na última semana foram vários, inclusive um na rua onde moro. Tivemos ainda assaltos a banco e empresa de ônibus (tudo com direito a troca de tiros com a polícia, no claro do dia).

Alguém precisa gritar pela paz. Aliás, muitos já gritam, mas precisamos dar mais força a esse grito. Vamos?

24 de outubro de 2009

Estou!

Postando, depois de alguns dias sem passar por aqui eu vim fazer essa postagem prévia. Monitorei os acontecimentos da semana (muito corrida). Mas, o fim de semana chegou, vou colocar tudo aqui.

Amanhã (hoje, sei lá), aqui, tem a síntese das loucuras dessa semana, muitas coisas que merecem destaque aconteceram. Agora vou dormir, são 00:52, já saimos da sexta, estamos no sábado. A gente se fala!

20 de outubro de 2009

Mega, ou microtextos?

Eu não tenho paciência para ler nem 4 linhas de recado no orkut, então, hoje eu pensei: por que na hora de escrever uma postagem no blog eu não me preocupo em poupar linhas? Seria  mais prazeroso escrever do que ler? Não sei.

Eis o que eu sei: pelo menos nesta, eu economizei. Acabou.
rsrs

Ps: Vou ter mais cuidado com isso.

19 de outubro de 2009

Mudanças por aqui

Como prova de que eu estou cada vez mais levando a sério o blog, a partir de hoje, estão incluídos na página os anúncios do google. Eles estão aqui como uma primeira ação de abertura ao mundo dos negócios na web. Já que o ato de blogar tem se tornado cada vez mais prazeroso, então, hora de unir o útil ao agradável.

Mas essa não é a única e tampouco a principal novidade... Também a partir de hoje, estão abertos os comentários nas postagens, trazendo a oportunidade de muito mais interatividade com você leitor (esporádico ou assíduo). Completado exatamente um mês do meu retorno ao blogspot, chegou o tempo de acreditar neste espaço - havia passado 1 ano usando outro endereço (no wordpress) enquanto este espaço ficava "com as barbas de molho" - agora, resolvi investir no blogger, afinal percebi que ele tem muito mais recursos, e vou mesmo ficar por aqui.

Ah... Não posso esquecer de ressaltar mais uma novidade: o espaço aberto para seguidores, uma vez que vou também a partir de agora colocar minha lista de links e mostrar para todo mundo por onde eu ando passando. Assim, esta data marca um novo momento do blogão aqui... Muito mais vivo na web, porque agora eu caí de vez no mundo dos blogueiros!

17 de outubro de 2009

Copa do Mundo e Olimpíadas. Como?


A violência está fora de controle, a infraestrutura das praças esportivas é problemática, um terço da população é analfabeta funcional, o tráfego aéreo é ruim, em terra o trânsito não flui... São alguns dos problemas que se esfregam em nossa cara (de besta) todos os dias, e todos eles se tornam ainda mais graves, simplesmente porque são aqui no Brasil.

Hoje, no dia em que sofri o primeiro roubo significativo, na outrora pacata cidade de João Pessoa, venho atordoado pelo prejuizo reeditar o texto sobre o ENEM - postado dias atrás. Viva o Brasil... Com nosso sorriso amarelo...


FALHOU A TRAPAÇA NO ENEM

Alguém descobriu antecipadamente as questões do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, mas outro alguém descobriu que alguém descobriu. Acabou o golpe, foi por água abaixo o plano oportunista.

Problema para os milhares de alunos que se prepararam para a prova e agora vão ter que esperar mais um pouco para fazê-la. Tudo por culpa de alguém que "ninguém" conhece - haja trocadilho. Mas foi justamente com um monte de trocadilhos que minha redação no ENEM de 2007 me colocou na universidade. Voltando ao exame de 2009, a causa do adiamento põe mais uma pulga atrás das orelhas dos brasileiros e nos lembra que devemos estar atentos para não cair em golpes certeiros.

Toda e qualquer questão que envolva perspectiva de lucro estará rodeada de pessoas dispostas a cavar um túnel rumo à saída mais fácil (e ilegal). É assim em provas de concurso público, é assim em eleições, é assim em decisões políticas e numa interminável lista de situações. É como se antes de começar uma corrida de carros você já tivesse a certeza de que alguém vai tentar sabotar o carro de alguém, ou vai adulterar o próprio carro para levar vantagem. Algumas vezes são descobertos, outras o plano falha antes disso, mas, dificilmente não há um plano arquitetado antes da largada.

Graças a fatos como esse do ENEM, a fama de picareta que o brasileiro tem lá fora vai se mantendo. O famoso "jeitinho brasileiro" de conseguir aquilo que pretende está ficando cada vez mais deturpado. Curiosamente, quando usei a comparação da corrida de carros, me lembrei que o mais recente escândalo de "arrumadinho" na Fórmula 1 envolve um brasileiro - o desmoralizado piloto Nelsinho Piquet. Parece mesmo que em tudo à nossa volta existe um toque de trapaça.

Você é brasileiro? Convive com brasileiros? Comece a se perguntar:

Nosso famoso futebol não tem manipulação de resultados? Nosso carnaval revela escolas de samba campeãs com notas livres de qualquer manipulação? Meu carro anda com gasolina de primeira? A empresa que eu trabalho deposita o FGTS? O dinheiro do troco é de verdade? A sombra na parede é minha?

Agora nos resta um consolo: pelo menos no caso do ENEM 2009 alguém descobriu.

15 de outubro de 2009

Audiência das rádios (FM) em João Pessoa

Para quem gosta de rádio, aí vai o "desenho" da audiência em João Pessoa:

01 – Clube FM 103.3 - Popular, bem produzida
02 – Sucesso FM 92.9 - Popular
03 – Mix FM 93.7 - Jovem
04 – 98 Correio FM 98.3 - Popular
05 – Arapuan FM 95.3 - Popular
06 – Miramar FM 107.7 - Popular-"Educativa"-Evangélica = Salada.
07 – Tambaú FM 102.5 - Popular, meio sem rumo, se achando aos poucos.
08 – Cabo Branco FM 91.5 - Estilo Classe A
09 – 101 FM 101.7 - Popular (?!)
10 – Rede Aleluia FM 99.7 - Universal
11 – Tabajara FM 105.5 - Classe A - Ou não...
12 – 100,5 FM 100.5 - Sepultada por um defunto

(Julho a Setembro/2009, todos os dias e locais, 05h-05h) - Fonte: IBOPE.

Perspectivas

Fiquei meio ausente no decorrer desta semana, devido à maior dedicação que tenho dado aos trabalhos da rádio. Mas, aqui de volta, vim para contar que estou trabalhando novas ideias e, em parceria com alguns amigos, devo lançar em 2010 um novo site no ar, já pensando na expansão da era digital.

É cada vez mais claro que a bola da vez é o blog - e, neste caso, não falo do meu - falo dos blogs em geral. Eu sou apenas seguidor dessa tendência. Contudo, quando você compra um domínio e contrata uma hospedagem, por mais simples que ela seja, você ganha uma identidade virtual própria (que não é um IP), você torna-se uma marca. Neste sentido, quem faz um meio termo de blog / site pode se destacar, com a vantagem de investir pouquíssimo.

Já pensou em ter "seuproprionome.com"? Se já tem, você caminha dentro de uma nova tendência, na qual os pioneiros terão destaque. Se ainda não, comece a trabalhar essa ideia, pois nesta nova era que estamos vivendo, administrar a vida como uma "empresa com CPF" é cada vez mais comum. Estar em posição de destaque vai abrir novas portas de emprego, promoção e qualidade de vida.

A concorrência não é restrita a empresas de mesmo seguimento, ou a lojas de varejo, ela está em tudo, inclusive (e principalmente) entre pessoas. Quem estuda mais, quem faz melhor, quem se apresenta melhor, quem é o melhor enfim... Infelizmente o mundo aponta para essa realidade. E nesse mundo onde a gente precisa se vender, nada melhor do que usar uma boa vitrine - a internet.

As pessoas que desejam algo mais já estão cansadas de Orkut, Twitter e outros... Se podemos ter nosso próprio espaço, para que investir tanto tempo em redes sociais? Está chegando a hora de "fundir" as coisas. Hora de usar as redes sociais apenas para divulgar aquilo que você faz no seu espaço personalizado, do qual só você é dono.

Pensando em tudo isso, brevemente estaremos colocando no ar um site que vai disponibilizar todas as ferramentas necessárias para pessoas que querem mostrar o melhor de si para o mundo, um site de consultoria e agenciamento. O lançamento está previsto para 2010, mas as "pedras fundamentais" já foram colocadas.

9 de outubro de 2009

Que tal encarar a realidade?


Enquanto espera atendimento do dentista especialista em estética ortodôntica, aguardando ansioso pela sessão de clareamento, você folheia algumas revistas que estão no consultório. Nas revistas, se depara com várias propagandas, vê em cada uma delas alguém com aquele sorriso perfeito e chega à conclusão de que está fazendo um investimento magnífico.

21 dias, três sessões depois e com 1.000 reais a menos no banco, você sai do consultório e, no primeiro sorriso ao vento, quase desmaia com a dor provocada pela sensibilidade. Contudo, o resultado é realmente muito bom e seus dentes estão bem mais claros, só não podem ainda ser comparados com os daquela revista. Por isso, em consciência normal, não podemos perseguir padrão de beleza imposto por revistas e afins.

Com o objetivo de acabar com a tortura psicológica que algumas pessoas enfrentam, ao tentar chegar nos padrões de beleza das celebridades, autoridades européias levantaram a possibilidade de proibir, ou pelo menos impor limites, no uso da principal ferramenta de maquiagem virtual - o Photoshop. Confira trechos de reportagem do Jornal O Estado de São Paulo:

Preocupados com a possibilidade de meninas e mulheres se sentirem excessivamente pressionadas a corresponder às imagens presentes nas revistas de beleza, submetidas a procedimentos digitais e lipoaspiração, legisladores britânicos e franceses tentam obrigar publicitários a serem mais realistas. Segundo as propostas desses legisladores, anúncios contendo fotos alteradas de modelos seriam obrigados a trazer mensagens revelando o emprego de efeitos digitais.
"Quando adolescentes e mulheres olham para tais fotos nas revistas, elas acabam se sentindo infelizes consigo mesmas", disse Jo Swinson, parlamentar britânica do Partido Liberal Democrata. Os liberais democratas - terceiro maior partido da Grã-Bretanha, depois de trabalhistas e conservadores - adotaram este mês a proposta de Jo, que prevê um sistema de rótulos, como parte de sua plataforma oficial.

O partido quer banir completamente as fotos alteradas em anúncios destinados a crianças com menos de 16 anos.

Na semana passada, a legisladora francesa Valerie Boyer, do partido do presidente Nicolas Sarkozy, apresentou uma medida parecida na Assembleia Nacional, a câmara inferior do parlamento. Ela argumentou que as imagens alteradas estavam prejudicando a capacidade das jovens mulheres de controlar seus próprios destinos. "Essas fotos podem levar as pessoas a acreditarem em realidades que, com frequência, não existem", disse ela.



7 de outubro de 2009

Continuando...

Esta semana eu tirei para postar alguns e-mails criativos que recebi. Aproveitando o ensejo, hoje eu transcrevo um que chama pela criatividade, a importância de saber driblar um obstáculo na hora de conquistar um objetivo - ressaltando que o objetivo no caso em questão não é dos mais relevantes, mas enfim... Lá vai:

Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa,quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.

O fazendeiro responde:
- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Conclusão:
A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente.

6 de outubro de 2009

Veio por e-mail (2)

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz:
- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês !!!
- ''Eu primeiro, eu primeiro, grita um dos funcionários...
Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida '' ...
Pufff e ele foi ...
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas !!! ...
Puff e ele se foi...
- Agora você - diz o gênio para o gerente ....
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!

Conclusão:
Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

Autor não identificado.

5 de outubro de 2009

Veio por e-mail

Piada ou lição de comportamento? Meu amigo Carlos Alberto da Silva mandou por e-mail uma historinha que eu resolvi publicar neste blog. No final tem a conclusão, confira:

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira.
Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz:
- Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!!!

Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua.
Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora...
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
- Quem era?
- Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
- Ótimo!!! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo??

Conclusão:

Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias.

4 de outubro de 2009

Do rádio pro blog...

Programa "Festa Maná" deste domingo, 04 de outubro. Apresento o programa ao vivo todos os domingos na Rádio Maná AM em João Pessoa. Durante o programa me coloco dentro da casa do ouvinte e juntos fazemos um programa no melhor estilo do rádio, interativo, simples e gostoso de ouvir e fazer.

Hoje, assim como no domingo passado, eu trouxe alguns minutinhos pro blog... Pra conferir, manda ver no Player abaixo!

2 de outubro de 2009

Falhou a trapaça no ENEM

Alguém descobriu antecipadamente as questões do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, mas outro alguém descobriu que alguém descobriu. Acabou o golpe, foi por água abaixo o plano oportunista.

Problema para os milhares de alunos que se prepararam para a prova e agora vão ter que esperar mais um pouco para fazê-la. Tudo por culpa de alguém que "ninguém" conhece - haja trocadilho. Mas foi justamente com um monte de trocadilhos que minha redação no ENEM de 2007 me colocou na universidade. Voltando ao exame de 2009, a causa do adiamento põe mais uma pulga atrás das orelhas dos brasileiros e nos lembra que devemos estar atentos para não cair em golpes certeiros.

Toda e qualquer questão que envolva perspectiva de lucro estará rodeada de pessoas dispostas a cavar um túnel rumo à saída mais fácil (e ilegal). É assim em provas de concurso público, é assim em eleições, é assim em decisões políticas e numa interminável lista de situações. É como se antes de começar uma corrida de carros você já tivesse a certeza de que alguém vai tentar sabotar o carro de alguém, ou vai adulterar o próprio carro para levar vantagem. Algumas vezes são descobertos, outras o plano falha antes disso, mas, dificilmente não há um plano arquitetado antes da largada.

Graças a fatos como esse do ENEM, a fama de picareta que o brasileiro tem lá fora vai se mantendo. O famoso "jeitinho brasileiro" de conseguir aquilo que pretende está ficando cada vez mais deturpado. Curiosamente, quando usei a comparação da corrida de carros, me lembrei que o mais recente escândalo de "arrumadinho" na Fórmula 1 envolve um brasileiro - o desmoralizado piloto Nelsinho Piquet. Parece mesmo que em tudo à nossa volta existe um toque de trapaça.

Você é brasileiro? Convive com brasileiros? Comece a se perguntar:

Nosso famoso futebol não tem manipulação de resultados? Nosso carnaval revela escolas de samba campeãs com notas livres de qualquer manipulação? Meu carro anda com gasolina de primeira? A empresa que eu trabalho deposita o FGTS? O dinheiro do troco é de verdade? A sombra na parede é minha?

Agora nos resta um consolo: pelo menos no caso do ENEM 2009 alguém descobriu.

1 de outubro de 2009

Promova Orkut e vice - versa

Quem já havia imaginado que o crescimento repentino do Twitter iria mexer com o Orkut, acertou em cheio. Meu coração já vinha batendo forte há varios dias, isso pela espectativa da reação da Google.

As mãos suadas, o brilho no olhar a cada vez que digitava a senha para entrar no orkut, a espera pela inovação que daria novos rumos à minha existência virtual... Tudo isso foi coroado com a resposta (ainda em tempo) do orkut para o avanço "anormal" do Twitter.

A nova ferramenta apresentada pelo Orkut é, ao meu ver, simplesmente extraordinária. O "Promote" (Promova) é a nossa chance de divulgar serviços, produtos e outras coisas mais, sem qualquer custo. É um tiro no meio do peito esquerdo dos jornais que cobram para sobreviver de anúncios em classificados.

Agora, seus amigos de Orkut não precisam mais ir até sua página para ver alguma propaganda sua. Ao abrir o Orkut, na página inicial, o "Promote" vai esfregar na cara de seus amigos a sua propaganda, a qualquer momento. Todos vão ver as propagandas de todos automaticamente em algum momento! E mais: Quanto mais seus amigos clicarem em promover, mais a sua propaganda se espalha pela rede social, como um "tsunami" incontrolável de publicidade para todos. Misturadas às propagandas pagas, entrarão as nossas (alternadamente). Tem mais: Além de simples textos (ao lado de sua imagem), você pode colocar vídeos.

O boato corre solto na net dando conta de que a invenção tem o objetivo único de manter o Orkut como a rede de relacionamentos mais usada do Brasil, colocando uma barreira na frente do Twitter. Da minha parte tá aprovado o invento. Já vou começar a botar meus cacarecos pra vender no Orkut, e se tinha alguma ideia de cancelar a conta, eu já cancelei (a ideia).

Vá até a lateral esquerda de sua página no Orkut e promova!

30 de setembro de 2009

Uma imagem. Várias dúvidas


Visitando um blog de notícias esportivas, eu achei essa imagem do Papa Bento XVI com uma camisa do Fortaleza. O time está na zona de rebaixamento para a série C do Campeonato Brasileiro e a camisa foi dada por um padre cearense chamado Fernando César Chaves Reis.

O objetivo da entrega é fazer com que "orações poderosas" livrem o time do rebaixamento. Pessoas normais devem pensar como é que um padre cearense conseguiu tamanha façanha, sem temer que o Papa lhe visse como um louco. Difícil não pensar no que se passa na cabeça de Bento XVI num momento como esse.

Eu, um católico praticante, que viaja (em pensamentos) mais que o Bobby - aquele do desenho, se não conhece, pesquise no google - tenho algumas imaginações inusitadas para compartilhar com você:

1. Imaginei por que não dar uma camisa do Botafogo da Paraíba ao Papa
2. Imaginei as palavras que ele usaria ao se dirigir a Deus para pedir que "salve" o Fortaleza
3. Imaginei o Papa andando pelo Vaticano com a camisa do Fortaleza
4. Concluí que o Pe. Fernando César deve ter algum problema (além do Fortaleza). Ele poderia trabalhar no Pânico da Rede TV!

O fato serviu para mostrar a figura simpática que é o Papa Bento XVI e que ele leva as coisas na esportiva (mesmo). Mas, eu bem que pagaria alguns reais para saber o que ele disse "em off" ao padre...

26 de setembro de 2009

Wordpress x Blogger


Quem vive na blogosfera provavelmente já viu algum comparativo entre Blogger e Wordpress. Agora eu posso falar com conhecimento de causa sobre o assunto. Depois de um ano usando wordpress, estou de volta ao blogger (já havia usado quando estava descobrindo este universo).

Ambos são muito bons, mas, ao meu ver o blogger é mais completo, oferece recursos praticamente ilimitados na hora de alterar ou inserir códigos html. Para quem está começando a usar ele também é mais prático, e ainda: Na hora de equipar um blog é muito mais fácil encontrar sites especializados em fornecer adereços para o blogger.

Blogger tem share of mind na questão. Você já ouviu alguém dizer que ia criar um blogger? Eu já! Por essas e outras a balança pende para o lado dele. Também por isso eu estou de volta ao "mais mais" da blogosfera.

22 de setembro de 2009

Greve?

Alguém lembra do último ano em que não tivemos greve dos correios ou greve dos bancários no Brasil? Se esse ano existiu e você lembra, poste esse fenômeno da nossa história.

Eu não me recordo de ter assistido um ano inteiro transcorrer sem greve alguma por parte dos bancários, ou dos funcionários dos correios. Todos os anos nós enfrentamos esse transtorno!

Existe aquele ditado que diz que "quem não chora não mama". Provavelmente é com base nisso que nossos amigos grevistas pleiteiam suas melhorias salariais. Setor patronal e classe operária duelam, e a picuinha deles nos priva de seus serviços. Então vamos aprender a viver sem eles de uma vez!

Eu decidi: Cartas entrego pessoalmente quando não for longe, faturas imprimo pela internet, mando fax, e-mail, etc. Cartas pelos Correios só de vez em nunca. Dinheiro de papel aplico na bolsa, dinheiro de metal no bolso. Banco só de vez em nunca. Vou seguir minha utopia de transformar esses serviços em algo sem importância.

Ao meu ver, greves são injustas com quem não tem culpa dos erros dos outros. Tantos trabalhadores ganham salários injustos e não podem fazer greve, pois se fizerem serão demitidos, mas estes também enfrentam os transtornos provocados pelos que podem(?!) paralisar suas atividades sem prejuízo.

Não sou solidário com grevistas (sindicalistas), não sou de acordo com o setor patronal que paga mal, sou apenas um espectador das greves aprendendo a não depender desses servidores mal resolvidos.

21 de setembro de 2009

Blog novo, domínio de sempre

Agora é oficial! O blog.joaorocha.com continua no ar. O sentimento após ter perdido todas as postagens do primeiro ano no ar não é bom, mas a satisfação de ter conseguido manter a página com o mesmo endereço é ótima.

Explicando:

Até 3 dias atrás eu utilizava hospedagem gratuita da Locaweb, todavia a empresa resolveu cortar este serviço que já era oferecido havia anos para os que compravam domínio por lá. Como o blog não conta com receita, é apenas um espaço "recreativo" para mim, achei que não valeria a pena pagar o preço mínimo cobrado pela Locaweb para a manutenção do serviço (que incluia e-mail e hospedagem gratuita para um domínio além do blog).

Apesar da situação, eu acredito que tenha sido um bom momento do blog o que provocou a intenção de cobrança da Locaweb. De acordo com o contador automático, o blog registrava quase 6.200 visitas ao longo de 12 meses e continha mais de 60 postagens. Em cima disso veio a cobrança pelo serviço.

Eu poderia pagar a Locaweb e manter tudo como estava, ou poderia criar um blog gratuito através do blogger ou do Wordpress, mas esta segunda opção me faria mudar de endereço e consequentemente perder leitores que tinham gravado o blog.joaorocha.com - além de deixar de ter minha página www.joaorocha.com e o e-mail.

A solução foi pesquisar e achar um servidor mais barato do que a Locaweb (coisa que não é difícil). Feito isso, eu tive que alterar DNS, o que deixou o blog e o joaorocha.com fora do ar por quase 2 dias. Mas tudo deu certo! Não estou mais com a Locaweb, mas estou com você aqui no mesmo lugar, e mais: podendo ser acessado também (com o mesmo conteúdo) em joaorocha.blogspot.com - agora tanto faz.

Tenho um blog com muito mais recursos, acessível em 2 endereços (inclusive o de antes) e aprendi um pouquinho mais a mexer com essa coisa virtual. Agora é tocar para frente... Assuntos novos, postagens novas e blog renovado.

19 de setembro de 2009

Nova largada

Depois de quase um dia inteiro fora do ar, consegui concluir a sucessão de servidor e o blog voltou. Tudo pronto para comemorar um ano do blog neste dia 20, apesar dos imprevistos.

O prejuízo foi total. Todas as postagens contidas no blog, ao longo desse ano inteiro no ar foram perdidas. Existe um modo de recuperá-las até o próximo dia 10, no entanto para isso acontecer será necessário tirar o blog do ar mais uma vez, e eu não pretendo fazer isso.

O importante foi conseguir manter o endereço do blog em blog.joaorocha.com - A missão foi cumprida! Vamos para o 2º ano, com novos textos, novo layout e nova motivação.